Feriado

Servidores do Estado em Campo Grande têm folga na quinta-feira devido ao feriado

A folga para servidores do Executivo Estadual – que trabalham na Capital e nas cidades de Batayporã, Corumbá, Costa Rica, Jardim, Porto Murtinho e Terenos

12/06/2019 12h44
Por: Redação
Fonte: Bruno Chaves, Subsecretaria de Comunicação (Subcom) Portal do MS
54
Lago-do-PQ.-Indígena-em-Campo-Grande-Foto-Edemir-Rodrigues
Lago-do-PQ.-Indígena-em-Campo-Grande-Foto-Edemir-Rodrigues

Campo Grande (MS) – Servidores do Governo de Mato Grosso do Sul que trabalham em Campo Grande terão folga nesta quinta-feira, 13 de junho, devido ao feriado de Santo Antônio, declarado padroeiro do município. Considerado um dos santos mais populares do Brasil, Santo Antônio se tornou protetor de Campo Grande graças a devoção do fundador da cidade, José Antônio Pereira, que construiu uma capela para o consagrado.

No Estado, o santificado ainda é padroeiro dos municípios de Batayporã, Costa Rica, Jardim e Terenos. Nestas cidades também não haverá expediente de trabalho na quinta-feira.

O dia ainda será de folga para servidores do Estado em Corumbá, devido ao feriado de retomada da cidade, e Porto Murtinho, que comemora 107 anos de emancipação.

A folga para servidores do Executivo Estadual – que trabalham na Capital e nas cidades de Batayporã, Corumbá, Costa Rica, Jardim, Porto Murtinho e Terenos – foi oficializada por meio de decreto publicado pelo governador Reinaldo Azambuja no Diário Oficial do Estado de 11 de janeiro deste ano.

“Os feriados instituídos pelos municípios em lei municipal serão observados pelos órgãos e pelas entidades da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual, nas respectivas localidades”, diz o texto do documento.

Desta forma, unidades do Detran, Hemosul, Agenfa, Prático e outras que atendem a população não funcionarão na quinta-feira. O atendimento volta ao normal no dia 14 de junho de 2019, sexta-feira. As folgas não se aplicam aqueles que trabalham em serviços considerados essenciais, que não podem ser interrompidos, como saúde e segurança pública, por exemplo.

Gestores de órgãos e entidades vão garantir o funcionamento dos serviços essenciais durante o feriado por meio de escalas de serviço ou de plantão.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários