Quinta, 18 de Julho de 2024 21:45
(67) 99638 8893
Senado Federal Senado Federal

Brasil terá dia nacional de conscientização sobre dermatite atópica

O Dia Nacional da Conscientização sobre a Dermatite Atópica, a ser celebrado em 23 de setembro, passa a fazer parte do calendário nacional. Sancion...

08/07/2024 09h26
Por: Redação Fonte: Agência Senado
Data sancionada pela Presidência da República passa a fazer parte do calendário oficial - Foto: Pedro França/Agência Senado
Data sancionada pela Presidência da República passa a fazer parte do calendário oficial - Foto: Pedro França/Agência Senado

O Dia Nacional da Conscientização sobre a Dermatite Atópica, a ser celebrado em 23 de setembro, passa a fazer parte do calendário nacional. Sancionada pela Presidência da República no dia 5, a lei que institui a data ( Lei 14.916, de 2024 ) foi publicada noDiário Oficial da Uniãodesta segunda-feira (8).

A dermatite atópica é uma doença crônica e não contagiosa que causa coceira, inflamação da pele e o aparecimento de lesões cutâneas. A nova lei determina que, durante o mês de setembro, serão promovidas atividades para conscientização sobre a prevenção, o tratamento e o combate da doença. São previstas a iluminação de prédios públicos com a cor lilás e a promoção de eventos educativos. A norma também prevê a realização de campanhas informativas e a disponibilização de informações, em materiais ilustrativos e explicativos sobre o tema.

O projeto que deu origem à lei ( PL 1.262/2022 , proposto na Câmara dos Deputados) foi aprovado de forma terminativa pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado no início de junho, com parecer favorável do relator, senador Styvenson Valentim (Podemos-RN).

Em seu relatório, o parlamentar argumentou que a designação de um dia específico para a conscientização “propicia a difusão de informações acerca dos sintomas, tratamentos disponíveis e necessidades dos pacientes”.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias